Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete Região
Qual sua região:
Brasil - Sul
Brasil - Norte
Brasil - Nordeste
Brasil - Central
Estados Unidos
Europa
Asia
America do Sul
Ver Resultados

Rating: 3.5/5 (1589 votos)



ONLINE
10





052 - Falando de sexo
052 - Falando de sexo

 

 

 

 Sexo Anal

 

 

Qual posição facilita a penetração?
Uma das mais favoráveis ao relaxamento da musculatura anal é a mulher deitada de barriga para baixo com uma almofada embaixo do ventre, elevando as nádegas. O ideal, entretanto, é você escolher a posição em que se sente mais confortável e relaxada: pode ser os dois deitados de lado ou outra que você preferir.

 E qual dá mais tesão?
Para a mulher, a mais confortável é sempre a que dá mais tesão. Já para o homem há uma posição favorita: a clássica, com a mulher ajoelhada, com as mãos apoiadas na cama ("de quatro", como se diz). Essa é, em geral, a que mais o excita. Essa preferência tem a ver com uma fantasia que envolve o poder: essa posição, para muitos homens, transmite uma excitante sensação de submissão da mulher.

 É possível a mulher chegar ao orgasmo com sexo anal?
Claro que sim. A região anal é cheia de terminações nervosas e muito sensível aos toques eróticos. Qualquer tipo de carícia no ânus pode ser extremamente prazerosa. Mas isso se a pessoa estiver relaxada, fator fundamental para que a penetração não seja dolorosa, e excitada. Aí, pode sim, chegar ao clímax.

   

  Swing ou Troca de Casais

 

Swing - Conhecido popularmente como TROCA DE CASAIS é baseado no relacionamento sexual entre dois casais liberais. Ambos trocam de parceiros no mesmo ambiente ou mesmo separados. É baseado na relação de cumplicidade do casal, ambos devem estar em sintonia e ter bem definidos as fantasias sexuais. É muito importante o parceiro saber o que o outro curte, está a fim de fazer e até onde ele pode ir, desta forma brigas e desentendimentos serão evitados.

 Swing (troca de casais) para muitos é uma forma de quebrar a rotina do casal, mas não foi algo preparado para salvar relacionamentos instáveis, muito pelo contrário se o casal não estiver se relacionando bem dentro de casa, a coisa pode desandar de forma crítica, pois o cíumes pode vir a tona, além de demonstrações de carência, por isso a importância de tudo ser bem conversado antes do Swing acontecer. Para o casal se tornar um casal liberal, existe um longo processo de conhecimento e afinidade, não é algo do tipo " vamos fazer um swing hoje". O casal liberal precisa estar certo do que deseja e saber bem os limites de cada um e respeitá-los.

 Como acontece o Swing? Normalmente pode rolar o swing (troca de casais) em casas de swing especializadas com salas reservadas e coletivas, baladas liberais, festinhas liberais particulares, motéis, flats, ou em eventos em chácaras e sítios.

 

Menage Feminino

 

Menage Masculino

 

 

 40 erros que os homens cometem ao transar com as mulheres

 01 - NÃO BEIJAR PRIMEIRO

 Evitar os lábios e ir direto às zonas erógenas faz com que ela se sinta como se você estivesse pagando por hora e tentasse fazer o dinheiro valer cortando partes não essenciais. Um beijo apaixonado conveniente é a forma de preliminar definitiva.

 02 - DAR UM CHUPÃO NA ORELHA

 Seja franco: algum cara na escola lhe contou que as garotas adoram isso. Bom, há uma diferença entre ser erótico e chupar como se você estivesse tentando fazer respiração boca-a-boca num hipopótamo. Isso machuca.

 03 - NÃO FAZER A BARBA

 Frequentemente você se esquece de que tem um porco-espinho atado ao seu queixo, o qual você arrasta repetidamente através do rosto e das coxas da sua parceira. Quando ela vira a cabeça de um lado para o outro, isso não é paixão, ela está tentando se esquivar.

 04 - ESPREMER OS SEIOS DELA

 Quando botam as mãos neles, a maioria dos homens age como uma dona-de-casa experimentando um melão para ver se ele está maduro. Afague-os, acaricie-os e alise-os.

 05 - ABOCANHAR OS MAMILOS

 Por que os homens se grudam nos mamilos de uma mulher e depois os tratam como se quisessem esvaziar o corpo dela pelos seios? Mamilos são extremamente sensíveis. Eles não resistem a mastigação. Lamba e sugue gentilmente. Dar-lhes pancadinhas com a língua de um lado ao outro é legal. Fazer de conta que eles são um brinquedo de cachorro não é.

 06 - TORCER OS MAMILOS DELA

 Pare de fazer aquela coisa de girar os mamilos entre o indicador e o polegar como se estivesse tentando sintonizar uma rádio numa área montanhosa. Concentre-se nos seios como um todo, não só nos pontos de exclamação.

 07 - IGNORAR AS OUTRAS PARTES DO CORPO DELA

 Uma mulher não é uma via expressa com somente três saídas: Peito Leste e Oeste, e o Túnel do Meio. Existem vastas áreas do corpo dela as quais você frequentemente ignora quando passa direto para Vagina Central. É hora de começar a lhes dar atenção.

 08 - ENROLAR AS MÃOS

 Falta de destreza manual na região sub-saia pode resultar em dedos e roupas de baixo torcidas. Se você for tão direto assim, peça a ela que tire logo o troço todo.

 09 - DEIXAR-LHE UM PRESENTINHO

 Jogar a camisinha fora é responsabilidade do homem. Você usa, você descarta.

 10 - ATACAR O CLITÓRIS

 Pressão direta é muito desagradável, portanto gire gentilmente seus dedos pelas laterais do clitóris.

 11 - PARAR PRA RESPIRAR

 Diferentemente dos homens, mulheres não continuam de onde foram deixadas. Se você parar, elas voltam para a casa número 1 bem depressa. Se você perceber que ela ainda não chegou lá, continue custe o que custar, mandíbula dormente ou não.

 12 - DESPI-LA ESTUPIDAMENTE

 Mulheres detestam parecer estúpidas, mas é exatamente o que ela vai parecer ao ficar nua da cintura para baixo com um suéter enrolado na cabeça. Desembrulhe-a como um presente elegante, não como um brinquedo de criança.

 13 - ATOCHAR A CALCINHA DURANTE AS PRELIMINARES

 Acariciá-la gentilmente através da calcinha pode ser bem sexy. Atochar o tecido entre as coxas dela e ficar puxando pra frente e pra trás não é.

 14 - SER OBCECADO PELA VAGINA

 Embora a maioria dos homens possa achar o clitóris sem mapas, eles ainda acreditam que é na vagina que acontece tudo. Tão logo sua mão esteja lá, você age como se estivesse tentando pegar a última batatinha num canudo de Pringles. Isso está correto em princípio, mas se você não for cuidadoso (e tiver cortado as unhas), pode machucar - portanto, não se empolgue. A princípio, é melhor dar atenção ao clitóris e ao exterior da vagina, e então inserir gentilmente um dedo e ver se ela gosta.

 15 - MASSAGENS GROSSEIRAS

 Você tenta dar a ela uma massagem sensual, relaxante, para deixá-la no ponto. Pode usar as mãos e pontas dos dedos; cotovelos e joelhos, não.

 16 - TIRAR A ROUPA DEPRESSA DEMAIS

 Não force a barra tirando a roupa antes que ela tenha feito algum gesto para ver o seu material, mesmo que seja apenas desabotoar dois botões.

 17 - TIRAR AS CALÇAS PRIMEIRO

 Um homem de meias e cuecas é horrível. Tire as meias primeiro.

 18 - INDO DEPRESSA DEMAIS

 Quando você parte para a situação pênis-na-vagina, a pior coisa que pode fazer é bombear como se fosse uma ferramenta industrial - ela logo vai se sentir como uma operária de linha de montagem tornada obsoleta pela sua tecnologia. Aumente o ritmo vagarosamente, com arremetidas limpas, retas e regulares.

 19 - INDO COM FORÇA DEMAIS

 Se você bater seus grandes ossos dos quadris contra as coxas ou o estômago dela, a dor será igual a duas semanas de cavalgada concentradas em poucos segundos.

 20 - GOZAR DEPRESSA DEMAIS

 É o medo de todo homem. Com razão. Se você dispara antes de ver o branco dos olhos dela, certifique-se de que tem um plano “B” para assegurar o prazer dela.

 21 - NÃO GOZAR NUM TEMPO RAZOÁVEL

 Você pode achar que transar por uma hora sem chegar ao clímax é a marca de um deus do sexo, mas pra ela isso se parece mais com a marca de uma vagina dormente. Pelo menos compre algumas tapeçarias suspensas enigmáticas, para que ela tenha algo em que prestar atenção enquanto você banca o Homem-Maratona.

 22 - PERGUNTAR SE ELA GOZOU

 Realmente, você deveria ser capaz de perceber. A maioria das mulheres faz barulho. Mas se você realmente não sabe, não pergunte.

 23 - FAZER SEXO ORAL COM GENTILEZA EXCESSIVA

 Não se comporte como um gato gigante num pires de leite. Coloque a boca inteira lá e concentre-se em rodar a língua gentilmente ou dar petelecos com ela no clitóris.

 24 - CUTUCAR A CABEÇA DELA

 Os homens insistem em fazer isso até que ela olhe-pro-pênis, esperando que isso levará rapidinho a boca-pro-pênis. Todas as mulheres odeiam isso. Está a três passos de ser arrastada pelo cabelo para uma caverna. Se você quer que ela use a boca, use a sua; experimente falar sedutoramente com ela.

 25 - NÃO AVISAR ANTES DE GOZAR

 Esperma tem gosto de água do mar misturada com clara de ovo. Nem todo mundo gosta. Quando ela estiver fazendo sexo oral, avise-a antes de gozar para que ela possa fazer o que achar necessário.

 26 - FICAR SE MEXENDO DURANTE O BOQUETE

 Não empurre. É ela quem vai fazer todos os movimentos durante o boquete. Você apenas repousa. E não agarre a cabeça dela.

 27 - IMITAR ATITUDE DE FILME PORNÔ

 Nos filmes pornô, as mulheres adoram quando os homens ejaculam sobre elas. Na vida real, isso significa apenas mais roupa para ser lavada.

 28 - DEIXÁ-LA POR CIMA POR MUITO TEMPO

 Pedir para que ela fique por cima é ótimo. Ficar deitado grunhindo enquanto ela faz todo o trabalho duro não é. Acaricie-a gentilmente, para que ela não se sinta inteiramente como um capitão de escuna. E deixe que ela descanse.

 29 - TENTAR FAZER SEXO ANAL E FINGIR QUE FOI UM ACIDENTE

 Foi desse jeito que os homens ganharam a reputação de não seguir a bula. Se você quer botar lá, peça primeiro. E nem pense que estar bêbado é desculpa.

 30 - TIRAR FOTOS

 Quando um homem diz, “Posso tirar uma foto sua?”, ela vai ouvir as palavras “- pra mostrar pra galera”. Pelo menos, deixe que ela fique com a posse das fotos.

 31 - NÃO TER IMAGINAÇÃO SUFICIENTE

 Imaginação vai desde desenhar padrões nas costas dela até derramar mel sobre ela e lambê-lo. Frutas, vegetais, gelo e plumas são todos dispositivos úteis; cera quente, tinta indelével, de jeito nenhum.

 32 - ESTAPEAR O SEU ESTÔMAGO CONTRA O DELA

 Não há barulho menos erótico. É tão sexy quanto um concurso de arrotos.

 33 - COLOCÁ-LA EM POSES ESTÚPIDAS

 Se ela quer fazer yoga avançada na cama, excelente, mas a menos que ela seja uma ginasta romena, não seja ambicioso demais. Pergunte-se se quer uma parceira sexual com os tendões torcidos.

 34 - EXPLORAR O ÂNUS DELA

 Certifique-se que a gata curte ser atochada por trás primeiro. De pequenos indícios que você quer explorar o trazeiro dela. Por exemplo, dar uma linguada ali, enfiar um dedinho. Tem mulher que adora levar atrás, mas tem outras que acham um tabu.

 35 - DAR-LHE MORDIDAS DE AMOR

 É extremamente erótico exercer alguma sucção gentil nos lados do pescoço, se você fizer isso com cuidado. Nenhuma mulher quer ter que usar golas rolê e echarpes vistosas por semana a fio.

 36 - LADRAR INSTRUÇÕES

 Não dê gritos de incentivo como um treinador com um megafone. Não é lá muito excitante.

 37 - FALAR PUTARIAS

 Faz com que você pareça um editor de revista solitário ligando para o Disque-Sexo. Se ela gosta de escutar sacanagem, você vai ficar sabendo.

 38 - NÃO SE IMPORTAR SE ELA JÁ GOZOU

 Você tem de terminar o serviço. Continue tentando até que o tenha feito direito, e ela poderá fazer o mesmo por você.

 39. ESMAGÁ-LA

 Homens geralmente pesam mais do que mulheres, portanto se você ficar em cima dela um tanto pesadamente demais, ela acabará ficando roxa.

 40 - AGRADECER

 Nunca agradeça a uma mulher por fazer sexo com você. Seu quarto não é casa de caridade.

 

 


Dicas para um bom sexo oral

           Eu sempre encarei o sexo oral como algo muito mais íntimo que a própria penetração. Para que o sexo oral se torne prazeroso par a ambos, há uma série de pré-requisitos pra isso. Se você adora receber um oral, faça também a sua parte no outro sentido, procurando deixar o diamante ou a caixinha de joias sempre bem apresentáveis. Acontece que poucas pessoas sabem fazer um oral bem feito. Por isso levantei os pontos mais importantes para vocês porem em prática:

 Para as Mulheres

 

01 - Surpreenda. É um saco ter que pedir pra garota chupar ou dar a famosa tocada na cabeça dela pra mostrar o caminho. Quando vocês tiverem trocando uns amassos vá direto lá, caia repentinamente de boca.

02 - Oral fast-food não. É bem desagradável aquelas garotas que só fazem oral por obrigação, para seguir a cartilha do sexo, e ai dão uma chupadinha de 30 segundos bem meia boca. Se você não gosta, não faça. Se fizer, perca uns minutinhos com o diamante.

03 - Cuidado nas mordidas. Uma mordidinha de leve é até que interessante. Agora não morda como se fosse um chiclete, a cabeça é extremamente sensível, se exagerar na força o prazer se torna uma tortura.

04 - Cuidado com os dentes. Esse é o mais comum. Tem mulheres que não abrem a boca direito ou que movimentam o diamante com os dentes, e ai eles ficam raspando, isso dói demais. Tente usar mais o lábio.

 

05 - Utilize temperos. Há uma série de ingredientes que colaboram pra deixar o oral mais interessante. Um deles é o halls preto e água gelada (ou a combinação explosiva de ambos). Põe um halls na boca e tome uns goles de água, depois caia de boca, é indescritível a sensação. Leite condensado e marshmellow também são uma boa pedida.

06 - Olhar de rabo de olho. Esse é curioso, mas muitos homens adoram quando a garota está fazendo um oral e ela olha nos olhos do cara com aquela cara de cachorro pidão.

07 - E o saco?  Algumas mulheres tem nojo, outras o ignoram e poucas conhecem o poder que o saco tem. Um oral bem feito abrange esse amigo do diamante. Há um monte de terminação nervosa nele, o que o torna uma boa fonte de prazer quando estimulado. Dê umas lambidas e chupadas nele (de leve). O resultado é imediato.

 

08 - Elogie. Eu sei que pra muitas mulheres isso é um pouco constrangedor. Mas, um elogio curto e sincero é sempre muito bem vindo e inesquecível. Os homens adoram quando elogiam o seu diamante.

09 - A polêmica: engole ou cospe? Pra mim isso é indiferente. O que é bem excitante é gozar na boca da garota, não por que me dá prazer em vê-la com esperma na boca, mas por que na hora do gozo o pau está sendo estimulado e isso prolonga o prazer.

10 - Beijo ele depois de chupar? Tai uma pergunta que muitas mulheres fazem e fico indignado com a sacanagem de alguns homens. Poxa, a mulher chupou o pau do cara, por que ter nojo de beijá-la novamente? Isso eu acho meio injustificável. É ser muito fresco. Enfim, é claro que assim como o beijo, não há uma fórmula pronta para se tornar expert, mas tendo atenção nesses detalhes é certeza de que o cara ficará amarradão no seu oral.

 

Para os Homens

 

 01) A primeira regra é: Beijar e lamber o abdômen de sua parceira e a parte interior de suas coxas. Abrindo as pernas de sua parceira, você pode passar a língua no períneo, que é a área entre a vagina e o ânus. Em muitas mulheres o períneo é repleto de terminais nervosos e, portanto, muito sensível ao ser tocado ou lambido, o que pode ser muito excitante.


02) O clitóris: Provavelmente é a parte mais sensível do corpo da mulher. Você pode começar passando a língua bem devagar em volta dele, fazer movimentos suaves ou dependendo de sua parceira, movimentos mais rápidos e com pressão. A comunicação neste momento é importante, pois os dois podem sentir prazer juntos nesta atividade.


03) Carícias: Alguns casais gostam de tocar e estimular outras áreas do corpo do outro enquanto se estimulam oralmente. O homem, por exemplo, pode acariciar os seios, mamilos ou coxas da parceira.

   

 

Dicas para apimentar uma relação

 

 

01 - Convide seu par para um jantar a dois. No cardápio inclua frutas, mel, chantilly e outros alimentos que possam ser degustados com o prato principal: vocês dois.

02 - O sexo oral fica mais excitante se você colocar gelo na boca antes de entrar em contato com o pênis.

03 - Um chá também pode deixar a boca quente e acolhedora para o sexo oral.

04 - Um banho a dois pode ser maravilhoso. Percorra o corpo dele com o sabonete e, em seguida, peça para ele fazer o mesmo com você. Abuse dos toques.

05 - Já pensou em surpreendê-lo no meio do dia com uma transa rapidinha? Marque um encontro na hora do almoço sem revelar suas intenções e vá em frente.

06 - Faça um strip-tease, abusando de roupas íntimas.

07 - Busque posições diferentes e variadas. Dê asas às suas fantasias e mostre o que você quer.

08 - O beijo por todo o corpo pode esquentar ainda mais o sexo. O jogo é procurar as zonas erógenas.

09 - Deixe-o explorar seu corpo. Ajude-o a encontrar as partes que mais lhe dão prazer como, o clitóris.

10 - Deslize seus seios pelo corpo dele e massageie o pênis, colocando-o entre os seios e fazendo movimentos suaves.

11 - Acorde-o no meio da noite com toques excitantes. Ele ficará surpreso.

12 - Aproveite as energias da manhã e faça sexo logo depois que acordarem.

13 - Coloque pétalas indicando o caminho do quarto. Use velas aromáticas e música para excitar.

14 - Já pensou em brincarem com perguntas sobre vocês dois? Quem errar a resposta deve tirar uma peça de roupa.

15 - Domine a relação de vez em quando. Os homens adoram mulheres que sabem ditar regras.

 

O Beijo Dos Signos

  

Como é o beijo de cada signo?

 

Confira agora os segredos dos beijos do nativo de cada signo. Descubra se o seu bem-querer beija do jeitinho que os astros mandam. 

O ariano beija com o corpo todo. Ele pulsa e se entrega, e ao mesmo tempo ele domina. Percorre a boca desejada com fogo e paixão. Não é dado a beijocas superficiais, pois gosta de sentir uma emoção e uma energia intensas nesse momento especial.

 

O taurino tem um beijo guloso, profundo, altamente sensual. Ele aprecia o sabor, o calor, a textura da boca beijada. Não tem pressa e é capaz de ficar longos minutos deliciando-se com o gosto da pessoa amada.

 

O geminiano gosta de alternar beijos mais profundos e intensos com leves beijocas e brincadeiras com a ponta da língua, percorrendo os contornos da boca, mordiscando-a, saboreando-a. É um beijo meio moleque, gostoso, jovial e cativante.

 

O canceriano coloca a própria alma no ato de beijar. No momento em que seus lábios se unem à boca da pessoa amada, ele traduz o mais puro romantismo e faz dessa carícia uma verdadeira declaração de amor.

   

Para o leonino, beijar é uma arte. Por isso, ele percorre docemente a boca do parceiro, alternando carícias suaves com outras ardentes. Seu beijo tem gosto de paixão, de desejo, de força e intensidade. Enfim, é um beijo de Fogo, capaz de seduzir e incendiar.

 

O virginiano é perfeccionista até no beijo. Ele toma o maior cuidado para que a pessoa amada se sinta plenamente envolvida pela carícia de seus lábios suaves e de sua língua ávida de sensações. É um beijo intenso, molhado, delicioso!

 

O libriano beija no estilo romântico. Com seus lábios doces e ousados, ele conduz a pessoa amada para um lindo cenário, feito de flores, nascentes de água e pôr-do-Sol. Impossível não se entregar à carícia feita por essa boca que sempre parece querer "algo mais".

 

 O escorpiano faz do beijo uma extensão do ato sexual. É um beijo erótico, quente, convidativo, que faz pensar nas cenas mais loucas e ardentes. É um beijo-armadilha, um beijo-sedução, um beijo-paixão. Uma experiência inesquecível!

 

O sagitariano não beija apenas com a boca, mas com o corpo todo. Ele percorre o corpo da pessoa amada como se quisesse conhecer todos os seus segredos, ultrapassar fronteiras. Beijo quente e sensual, um tanto selvagem, com cheiro de feno e sabor de aventura.

 

O capricorniano beija meticulosamente. Começa devagar, como se quisesse a posse do "território desconhecido". Depois, vai se aprofundando em busca de intensidade cada vez maior. É um beijo prolongado, que roubam o fôlego e deixa um gosto de "quero mais".

 

O aquariano beija como se quisesse desafiar as expectativas da pessoa amada. Alterna beijos carinhosos com pura volúpia e é capaz de transmitir um desejo intenso com o mais simples toque de lábios. Está sempre em busca de sensações novas e não tem medo de ousar.

 

O pisciano tem um beijo devotado à pessoa amada. É um beijo-doação, em que ele procura o máximo de sensações, de prazeres, de sabores e calores. Por isso mesmo, é um beijo delicioso, que nunca se repete, mas se supera a cada nova experiência.

 

Clitóris - O segredo pode estar nele

 

           Muitas mulheres reclamam que nunca atingem o orgasmo. Algumas acham que é porque são inexperientes, outras porque sentem vergonha na hora do sexo, mas a maioria das mulheres, principalmente as que tiveram mais experiências sexuais, tem a plena certeza que alguns homens ainda não sabem direito o que fazer com o clitóris da mulher. Pensam que é só chegar lá e "PIMBA" e ainda acham que a mulher é incompetente se não gozar.

            Tá certo também que a mulher deve falar ao seu parceiro do que quer e do que gosta na hora do sexo, mas não vai ter que falar a vida inteira, né? Afinal, clitóris existem vários, mas a função dele é a mesma em todas as mulheres: é o órgão do prazer.

            Depois tem outra coisa, a mulher não gosta de ficar guiando o homem na hora do sexo, afinal, não são eles que sempre acharam que sabem tudo sobre o assunto? Justamente por isso, as mulheres não querem magoá-los dizendo o que fazer. Outro detalhe, elas gostam mesmo é da iniciativa dos homens na hora do sexo e de serem comandadas na cama, pois se sentem mais fêmeas. Ainda que às vezes tomem a dianteira e assumam o controle na cama, não gostam que isso aconteça sempre.

            Por isso, na hora que o clima estiver montado, o homem deve prestar atenção nas mensagens que a mulher dá com o corpo e com as palavras, quando ela está gostando dos carinhos e quando não está.

            Se o homem perceber que o carinho está deixando-a excitada, então deve continuar se perceber que ela está querendo tirar a mão do homem de onde ela está, deve ter o mínimo de sensibilidade para perceber que está fazendo algo errado e que não está dando prazer algum pra ela. Sabe aquele ditado que diz: Em time que está ganhando não se mexe? Pois é. Não modifique seu carinho se perceber que ele está dando certo, pelo menos até perceber que a mulher está engrenada e que está excitada. Pelo contrário, se concentre nele!

            Abaixo, temos que quase uma confissão do que as mulheres gostam e de como atingem o orgasmo muito mais fácil.

  

Conhecendo o Corpo Dela

            A essa altura, é bom que você conheça o clitóris. É um órgão extremamente sensível, que não admite carinhos bruscos, pois se isso acontecer, o efeito será totalmente inverso, causando desconforto e dor. Conclusão: prazer zero! Imaginem serem arranhados na glande? Ruim, né? Pois é, no clitóris o efeito é o mesmo.

 

 O Carinho

            A mulher gosta de ser acariciada no clitóris, lentamente. Se você está com muita pressa por não conseguir conter o tesão, então parta para uma "rapidinha" para só depois recomeçar com ela do jeito que tem que ser. Tem homem que só pensa no próprio prazer, ou seja, quer logo partir para a penetração e não percebe que assim a mulher não chegará ao orgasmo. Parece estar participando de uma competição, onde ele é quem tem que ser o vencedor. Começa a fazer as carícias com rapidez e de forma errada, pois quer chegar logo no objetivo que é penetrar. É mais fácil conduzir o sexo de outra forma do que fazer mal feito.

 

 Dedos e Língua

            Você sabe que as suas mãos devem acariciar todo o corpo da mulher. Use os dedos para os lugares estratégicos como: a região anal, a parte baixa das nádegas, a vagina e todos os arredores dela. Faça com ela tudo que você sabe que ela gosta normalmente. Vamos ignorar que as outras partes do corpo existam e vamos nos concentrar no clitóris.

            Experimente um pouco de gel lubrificante nos dedos,logo no início das carícias no clitóris, pois além de evitar qualquer tipo de atrito, costuma-se notar que a mulher acaba ficando muito mais excitada e portanto mais rapidamente umedecida, pois o toque do dedo fica macio com a ajuda do gel.

            Não tenha pressa. Admire vê-la se mexendo, se contorcendo e sussurrando sons. Quanto menos pressa tiver, mais rápido ela terá um orgasmo e mais prazer terá a cada toque.

            Passe os dedos lentamente e levemente em volta de todo o clitóris. Dê um pouco de atenção à ele, e depois passe para os seus arredores. Demore um pouco com os dedos ou a língua por toda a volta dele, pois a ideia que você vai voltar a acariciá-la no clitóris e o suspense de não saber quando, é justamente o que a deixará totalmente louca de prazer. De vez em quando, penetre um de seus dedos na vagina. Sem força. Nesse "estágio", a mulher já está quase pronta para um orgasmo.

            Use o dedo indicador e o polegar para segurar toda a área do clitóris - lentamente, suavemente. Faça isso com lubrificante nos dedos ou se sentir que ela já está bem lubrificada. Deixe que os dedos deslizem para cima e para baixo com uma leve pressão. Tem mulher que nesse determinado momento tem um orgasmo.

            Se preferir usar a língua, use. As mulheres adoram. Com a língua você não precisa usar o lubrificante, mas pode usar outros artifícios se quiser, como uma geleia, um sorvete, um chantilly... Você pode terminar o prazer dela, depois que ela estiver bastante excitada, usando o indicador todo meio inclinado, de forma que ele escorregue pelo clitóris pressionando-o levemente e chegue até a vagina, onde você colocará todo seu dedo. Faça isso várias vezes, indo e voltando, subindo e descendo, mas lembre-se: sem apertar demais, sem usar a unha e sem arranhar.

 

 O que o homem NÃO pode fazer

  Não deve jamais estar com as unhas compridas e arranhar o clitóris.

   Não deve jamais mordê-lo ou raspar a sua barba (inclusive a que está por fazer, pois machuca ainda mais) e isso deixará a mulher irritada (nos dois sentidos), portanto, não ponha tudo a perder.

  

  • Não pode jamais desistir de estimulá-la, a não ser que ela peça para parar, mas nunca a deixe só na vontade. Começou, vá até o final.

   

  • Não fique limitado só ao clitóris. O homem deve e precisa tocar a mulher em outras partes do corpo para ajudar na excitação.

  

  • Não deve ficar insistindo com o carinho no clitóris se perceber que ela não está lubrificada e que está afastando suas mãos.

 

  • Não deve jamais estar com as unhas compridas e arranhar o clitóris.

 

           Com essas dicas, ela não só vai ficar louca de prazer como achar que você é o melhor amante que ela já conheceu!

  

Como estimular o clitóris

  

  • Primeiro, use três dedos (indicador, médio e anular) para pressionar a superfície do botão mágico e acariciá-lo em círculos. Na hora de começar a exploração, eleja o indicador ou o médio para tocar grandes e pequenos lábios. Acaricie a parte interna das coxas, percorra a entrada da vagina - sem entrar.

  

  • Então, de novo, estimule o ponto C com movimentos circulares. Desça o dedo para a entrada da vagina e movimente-o como se estivesse fazendo carinho entre os olhos de um gato.

  

  • Sexo oral também vai fazê-la ouvir os sinos. O ideal é que ela esteja deitada de costas, com as pernas separadas. Corra os dedos pelo púbis, chupe os lábios vaginais sem usar a língua.

  

  • Depois do toque inicial, dê as primeiras lambidas no clitóris, longas e duradouras, como se ele fosse um sorvete. Sinta sua língua percorrendo a vulva e... Interrompa os movimentos. É o jogo do provoca-e-para.Cada ciclo de estímulos deve durar aproximadamente dez segundos, repetido durante três minutos. Só então dê o que ela pede: pressione levemente a ponta da língua sobre a cabeça do clitóris, como se fosse uma onda banhando-a. Continue por cinco segundos.

      
  • Falando na "zona sul", carícias no períneo, espaço situado entre o final da vagina e o ânus, e nos pequenos lábios também são ótimos meios de deixar a mulher pedindo mais - e você feliz da vida. A área se enche de sangue quando estimulada, o que aumenta o contato contra o pênis no momento da penetração. A consequência disso é que a abertura vaginal fica mais estreita, potencializando a excitação masculina.

  

Três fatos sobre o clitóris que 100% dos homens precisam saber

 
1) Todo clímax começa no clitóris - Esse órgão é o epicentro da diversão feminina, uma poderosa bomba atômica de prazer na qual nenhuma sensação passa despercebida.

 
2) Tamanho não é documento - O clitóris mede até 9 centímetros. "Porém, como um iceberg, uma boa parte não pode ser vista, pois está dentro do corpo". A parte exposta varia de meio a 5 centímetros. Grande ou pequeno proporciona a mesma satisfação. Isso porque o número de terminações nervosas se mantém em cerca de 8 mil!

 
3) O seu orgasmo também depende dele - Quando intumescido, o clitóris ajuda a formar um arco na entrada da vagina, que aumenta a pressão.





 

 

A
A Bete Faria: Modo de se referir a um homem que cobiça.

 

Abafar: Pode ser usado de duas formas: como sinônimo de arrasar (ex.: cheguei linda e abafando) ou para encerrar um assunto indesejado (ex.: abafa o caso).

 

Abalar: Arrasar, fazer algo direito (abalou).

 

Abilolado: Abestalhado, lesado, louco do bem.

 

Agasalhar: Ato de envolver um pênis com o ânus ou boca.

 

Ai meu edi: Expressão que significa “ai que saco”!

 

Afofi: Cheiro ruim.

 

Ajeum: Comida ou despacho.

 

Alibã: Policial; polícia; o carro patrulha.

 

Agaraneime: Dentes podres.

 

Aleijo: Problema.

 

Alice: Bicha tola.

 

Almôndega: Aglomeração de homens que se juntam para um esfrega-esfrega básico. Começou no começo dos anos 90 nos clubes de SP, mas as Barbies ainda fazem.

 

Alôca: Finaliza frases que pretendem ser bem humoradas. Ex: Você não é feia, é exótica, alôca!

 

Amapô: Mulher

 

Apatá: Sapato; calçado.

 

Apodrecer: Falar mal alguém.

 

Aqüendar: Palavra multiuso, dependendo da sua utilização. Ex: Aquendar um sanduíche (comer), aquendar um bofe (trepar), aquendar a conversa (escutar ou participar).

 

Aqué: Dinheiro (10 aqueres = 10 reais).

 

Armário: Enrustido, Sair do armário: se assumir.

 

Arrasar: Fazer algo bem feito; Arrasa: vai lá, se joga.

 

Arrombada/o: Aquela ou aquele que já fez muito sexo anal.

 

Atacada: Louca, nervosa.

 

Atender: Fazer sexo com...

 

Ativo: O que penetra (gays) a que toma iniciativa (lésbicas).

 

Avoa: Quando alguém chato ou inconveniente se aproxima e você diz: avoa Bicha!

 

B
Babadeira: Bicha ou travesti barraqueira que gosta de dar escândalo.

 

Babado: Serve para quase tudo. Sexo, drogas, encontros, comida, música, conversa. Vale também para a célebre pergunta “Qual é o babado?”, no sentido de o que está acontecendo?

 

Badalhoca: Pedaços pequenos de fezes que ressecam e ficam presos aos pelos do ânus.

 

Bagaceira: De baixo nível.

 

Bandeira: Dar pinta, mostrar que é gay, desmunhecar.

 

Bandeirosa: aquele que vive dando pinta

 

Barbie: Gay bastante sarado, com corpo ultra-trabalhado
Barebacking: Sexo anal entre homens sem preservativo.

 

Baixar a Vovó: Fazer uma boquete.

 

Banheirón: Banheiro público onde rola pegação (ver verbete).

 

Basfond (leia-se báfon): Bagunça confusão, baixaria bochicho, barra pesada.

 

Bater um bolo: Masturbação

 

Bater bolacha: masturbação entre duas ou mais lésbicas.

 

Baunilha: gay iniciante, sonhador, inocente (sinônimo: Serginho).

 

Bear: ver Urso.

 

BF: Bicha Fina ou Bolacha Fina. Homossexuais com mais de 30 anos, com dinheiro, chiques e frequentadores de bons ambientes.

 

Bi: redução de Bicha.

 

Biba: homossexual masculino ou feminino.

 

Bico (bicudo): sinal externo de quem faz carão.

 

Boa Noite Cinderela: Quando você encontra um gostoso, ele lhe dopa e sai com a sua grana.

 

Bocuda: Fofoqueira

 


Bode: Cansaço, preguiça. Estar de Bode=estar cansado.

 

Bofe: Homem másculo.

 

Bofescândalo: Homem gostoso.

 

Bolacha: Nome meigo para sapatão.

 

Bombado: Quem usa bomba, anabolizantes.

 

Bombar: Tomar anabolizantes; injetar silicone.

 

Bombadeira: Quem injeta silicone industrial (proibido por lei);

 

Boquete: Sexo oral.

 

Bronha: Masturbação masculina.

 

Buzum: Ônibus.

 

C
Caçação: Ato de caçar, de fazer pegação.

 

Caçar: Procurar alguém para fazer sexo.

 

Cachorra: Pessoa que troca muito de parceiro e transa muito.

 

Cacura: Gay idoso.

 

Caixa de surpresas: Pênis que quando mole é pequeno, mas que cresce sem parar e surpreende no final.

 

Caminhoneira: Lésbica bem masculina.

 

Cascaboi: Usada por gays mais velhos, designa aquele ser meio carrancudo, chato.

 

Caso: Namorado

 

Carão: Fazer carão = fazer pose, esnobar/ ter carão = ser bonito.

 

Caricata: pessoa engraçada, cômica.

 

Charuf: Coisa ou pessoa ruim, burra (charufinácia: coletivo de charuf).

 

Cheque: fezes na ponta do pênis após a penetração anal. Checar: Passar cheque.

 

Chochar: Falar mal de alguém ou de algo.

 

Chuchu: Sinônimo de barba (expressão usada por drags e travestis).

 

Chuca: Limpeza interna do ânus. Para evitar o cheque, faça a chuça.

 

Close: Dar pinta.

 

Coió: Agressão homofóbica. Tomar um coió, ser agredido por causa da homossexualidade.

 

Confirmou: Designa opiniões coincidentes.

 

Cockie: Lésbica refinada.

 

Colocada: Alguém que abusou de drogas ou álcool.

 

Colocón: Sinônimo de álcool, drink ou produtos ilícitos.

 

Cona (ou conam): Derivado de maricona é o gay mais velho.

 

Cunete: O famoso cunnilingus.

 

Cyber-mano: Jovem da periferia influenciado pela cultura clubber.

 

D
Dadeira: Gay que adora ser passivo e pratica muuuuito.

 

Dar a Elza: Roubar.

 

Dar close: Ficar poucos minutos em algum lugar.

 

Dar o truque: Enganar

 

Dar pinta: Mostrar afetação

 

Débora Kerr: O mesmo que Betty Faria.

 

Desencanado: Mais que simpatizante, não está nem aí

 

Desaquendar: Desapegar, desembaçar

 

Descolado: Que não é tímido, expansivo e integrado a algum círculo.

 

Derreter: Quando alguém se colocou muito e fica em algum canto esperando a bebedeira passar

 

Dildo: Vibrador ou outro objeto utilizado para estimular o ânus ou vagina
Do além: Pessoa, fato ou lugar estranho, chato, incompreensível

 

Do bem: Pessoa, fato lugar legal, amigo (antônimo: do mal)

 

Drag Queen: Homem que se veste com roupas geralmente associadas ao sexo feminino mas sem esconder que é homem, também associado a maior espalhafato. No original inglês, drag Queen é utilizado como o mesmo significado de Travesti (homens que parecem mulheres)

 

Drag King: Versão feminina de Drag Queen, i.e. mulher que se veste de homem

 

Drama: Situação trágica ou tragicômica. Própria das dramáticas.

 

Fazer drama: exagerar no sentimentalismo ao contar/interpretar um fato; dramatizar.

 

Dramática: Para Johnny Luxo, o mundo se divide em dramáticos e exóticos. Também utilizado como expressão tanto de contentamento como de espanto, alegria, satisfação e tristeza. Pode ser usado como elogio para alguém.

 

Dun-dun: Negro ou muito bronzeado

 

Dyke: Do inglês lésbica.

 

Dzarm: Versão light de cafona.

 

E
Edi: Ânus.

 

Embaçado: Difícil; enrolado.

 

Encubado: Alguém que não assumiu sua homossexualidade, mas já a pratica.

 

Elza: Roubo, dar a Elza: roubar.

 

Entendido/a: Gay/lésbica.

 

Equê: Falso, do truque, falsificado. ex: Loira do EQ.

 

Equezeiro: Praticante do EQ.

 

Exótica: Pessoa não necessariamente bonita, mas que chama atenção ver Dramática.

 

F
Fake: Falso; do truque.

 

Fanchona: Caminhoneira.

 

Fashion discontrol: Pessoa que se veste de forma bem errada.

 

Fazer: Transar com.

 

Fechação: Dar pinta de forma escandalosa.

 

Fechar: Fazer sucesso.

 

Ferver: Animar, fervido: animado.

 

Flop: Tradução direta do inglês, fracasso. Usado também como verbo, flopar.

 

Fist Fuck: Penetração da mão/braço.

 

Fofo: Pessoa, local ou situação legal.

 

Força no picumã: O mesmo que “vá em frente, coragem”.

 

Frapê: Pênis que não endureceu direito, que ficou no meio do caminho.

 

Friendly: O equivalente a simpatizante.

 

Fufa: Lésbica.

 

Furiosa: Lésbica muito masculina.

 

Futun: Cheiro ruim.

 

G
Gay for Pay: Expressão americana que designa homens que preferem mulheres e transam com outros homens apenas por dinheiro (michês ou atores pornôs)

 

Gay Friendly: Simpatizante.

 

GDC: Gay de Cabeça, pessoa com comportamento gay, mas com preferência sexual hetero.

 

Gillette: Bissexual.

 

GLBT: Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros.

 

GLS: Gays, Lésbicas e simpatizantes. Um comportamento que engloba pessoas de todas as preferências sexuais que frequentam ambientes como casas noturnas e bares gays, são ligados em moda, cinema e artes.

 

Gogo Boy: Homem ou rapaz de corpo bem trabalhado que é pago para dançar mostrando o corpo em discoteca ou bar (também existem em discotecas hetero).

 

Gongado: Derrubado.

 

Gongar: Ato de xoxar algo, de ridicularizar.

 

Gravação: Boquete.

 

Gulosa: Sexo oral, fazer uma gulosa.

 

H
Homofobia: Medo patológico da homossexualidade e dos homossexuais.

 

Hype (leia-se raipe): O que está sendo badalada, a função do momento.

I
Irene: Gay velho.

 

J
Jaburu: Pessoa feia.

 

Jacira: Gay bagaceiro e engraçado.

 

Jamanta: Aquele que ficou lesado.

 

Jeba: Pênis grande, bem-dotado.

 

Jogar o picumã: Menosprezar ou ignorar alguém.

 

K
Kassandra: Drag Queen feia ou mal montada.

 

L
Lady: Lésbica de aspecto feminino.

 

Laleska: Pessoa uó.

 

Larica: Fome.

 

Lasanha: Rapaz muito gostoso! Apetitoso, você sente água na boca só de olhar.

 

Leather: Quem gosta da estética SM, usa e pratica.

 

Lesado: Quem exagerou na colocação ou está temporariamente burro, distante. Ex.: Grace Lesada.

 

Lesbian Chic: Lésbicas executivas, consumistas e finas.

 

Lesbian drama: Comportamento característico de lésbicas no término ou crise de relacionamentos (generalização).

 

Ligar o Pisca Alerta: Voltar a si, acordar.

 

Luxuosa: Expressão de aprovação para alguém bem produzido, bonito ou hype.

 

M
Mafiosa: Quem faz máfia, que mente e cria situações em proveito próprio.

Mágoa de Cabloca: Pessoas que já foram famosas um dia, ou os que tentam, mas nunca conseguem.

 

Mala: Volume na calça, pênis. No Rio, também significa pessoa chata.

 

Mancha: É o gay super feminino, exagerado, que já passou da “pinta”.

 

Mati: Algo pequeno. Ex: neca mati (pênis pequeno)

 

Matusalém: Pessoa velha.

 

Mayumi: Gay amiga

 

Me Deixa: Grito de guerra usado pela popular drag paulistana Alma Smith.

 

Meda: Feminino de Medo. Usado como interjeição para algo que não é agradável.

 

Me erra: Me larga

 

Melhorada: Alguém que era uó e melhorou a personalidade. Alguém feio que deu um truque na feiura.

 

Meu Cu: Não estou nem aí.

 

Meia-Bomba: pênis que não conseguiu enrijecer completamente; o mesmo que frapê.

 

Michê: Garoto de programa.

 

Michely: Garoto de programa afeminado.

 

Miguxo: Pessoa uó que quer fazer à íntima.

 

Milho: Ferveção, fechação, bichisse.

 

Modelão: Roupa bonita ou ato de montar-se.

 

Mona: Mulher ou alguém muito afeminado.

 

Monaocó: Junção de mona com ocó (homem hétero) é o gay bem masculino, que não dá pinta.

 

Mônica: Derivado de mona, para designar amigos íntimos.

 

Montação: O processo exagerar nas roupas, para se jogar na noite.

 

Montada: Travestida, produzida.

 

Mundinho: Maneira como clubber denominam seu universo de pessoas.

 

N
Naja: Fofoqueira, intrigueira.

 

Não estou achando: Não estou entendendo ou suportando (alguém ou alguma situação).

 

Não estou podendo: Não quero, não estou a fim.

 

Não ser obrigado/a: Ter algo melhor para fazer.

 

Neca: Sinônimo de pênis.

 

O
Ocó: Homem com jeito de homem.

 

Olá Querida: Noitada onde você só faz social e não se atém a conversar com ninguém. Também usado como interjeição ao encontrar alguém que você não tem muito a dizer.

 

Operada: Transexual (homem para mulher).

 

Odara: Algo grande… imagine…

 

Otim: Bebida alcoólica, drink.

 

Oxanã (ou Xanã): Cigarro.

 

P
Panqueca: 100% passivo. Bateu na cama, virou...

 

PAM: Sigla para passivo até a morte (nem precisa explicar).

 

Pão com ovo: Gay simples… pobre mesmo.

 

Passada: Chocada

 

Passar cheque: Quando escapa um pouquinho de coco no ato sexual anal; passar um talão: quando não é só um pouquinho.

 

Passivo: O que é penetrado (gays) ou a que se deixa a outra tomar iniciativa (lésbicas).

 

Passivona: O mesmo que PAM; pessoa que só faz sexo na posição passiva.

 

Pegação: Sexo anônimo, sem compromisso.

 

Pencas: Muito. Ex.: comprei pencas de sapatos.

 

Penosa: Pessoa que não trabalha, dura.

 

Picumã: Peruca, cabelo.

 

Pintosa: Óbvia

 

Pirelli: Enchimento feito de espuma que drag ou transformistas usam para dar formas femininas ao corpo.

 

Pivô: Dar meia-volta, como as modelos das passarelas.

 

Playbicha: Moço playboy, mas que é gay.

 

Playgay: Circuito de clubes e bares dos playbichas.

 

Pochete: Lésbica cafona.

 

Poc Poc: Gays novinhos e bem femininos. O ‘poc poc’ é uma onomatopeia do barulho que os saltinhos dos sapatos desses moços fazem na pista.

 

Podre: Pessoa, fato ou local ruim.

 

Q
Quebrar louça: Quando duas bichas transam.

 

Quá-quá: Bicha mulher.

 

Queen-Size: Aquele ou aquela viciado em bem-dotados.

 

Queer: Que se refere à cultura e/ou comportamento próprio da comunidade gay.

 

Querida: Usado para designar pessoas que gosta ou não, como deboche.

R
Racha ou rachada: Mulher, vagina.

 

Rebuceteio: Troca-troca de namoradas entre as lésbicas.

 

Ratoburguer: Mau hálito.

 

Rodrigues: Situação de alguém casado (ou namorando) cujo/a parceiro/a está viajando.

 

S
Sabão: Esfrega-esfrega entre duas pessoas, sem penetração.

 

Sair do closet: Assumir publicamente a homossexualidade com estardalhaço.

 

Sáfico: Relacionado com lesbianismo. A palavra tem origem na poetisa Safo (sec. VII A.C.) que tinha uma escola para mulheres jovens na ilha de Lesbos. Safo escrevia poesia, muita da qual se perdeu nos tempos, acerca das suas amantes femininas, que eram frequentemente estudantes na sua escola. Ela teve uma filha Kleïs com cujo pai pode ou não ter sido casada, havendo algum debate nesta questão.

 

Sandália: A mulher da caminhoneira.

 

Sarado: Malhado, marombado, com bom corpo.

 

Sapa ou Sapata: Curto para sapatão.

 

Sapatão: Lésbica de aspecto masculino.

 

Sapataria: aglomeração de lésbicas.

 

SBP: Expressão carioca que significa Super Bicha Pobre, e designa pessoas mal produzidas que frequentam a noite.

 

Se Jogar: Cair de cabeça, entrar em uma situação ou ir a um lugar sem pensar muito.

 

Simpatizante: Pessoa heterossexual ou não definida sexualmente que frequenta ambientes predominantemente gays.

 

Sissi: designa quem “está se sentindo”.

 

Susie: Aquele rapaz que malha bastante tem o corpo legal, mas não é grandão, bombado, não é Barbie ainda.

 

T
Tá boa: Quando você não acreditar em alguma história, é só dizer: Tá boa?

 

Tá meu bem: Interjeição de espanto popularizada pela drag Dimmy Kieer.

 

Tata: Sabe aquela amiga que vive com o amigo gay? Então…

 

Tia, Tiona: Bicha velha.

 

Tô Lôca: Expressão utilizada para expressar mau humor acompanhado de álcool ou drogas

 

Tô Passada: Expressão de espanto.

 

Tô bege: Equivale a “não acredito, tô pasma, boba, plissada, passada, colocada”…

 

Tombado: Caído, sem graça. Ex.: aquele bar tá tombado. Tá uó.

 

Tombar: Falar mal de algo ou alguém.

 

Transformista: O mesmo que travesti. O termo “Travesti” costuma ser utilizado mais para prostituição, um Transformista apenas se veste com roupas do gênero oposto para espetáculos.

 

Transexual: Uma pessoa que pensa ou se comporta de forma séria como se tivesse o corpo com o gênero errado. Muitas vezes (mas nem sempre) se sujeita a uma operação de mudança de sexo. Os termos pré-operatório e pós-operatório distinguem os Transexuais que fizeram a cirurgia de mudança de sexo dos que ainda não a realizaram. Um Transexual Não operatório é um que, por qualquer razão, não pode ou escolheu não ser operado.

 

Trava: Travesti.

 

Travar: Tornar-se travesti.

 

Travesti: (em inglês: transvestites) Homem que se veste e maquila ocasionalmente de forma a parecer uma mulher, note-se que ao contrário dos transexuais um travesti (também conhecidos por Crossdressers) não se considera mulher e nem pretendem sê-lo. Muitos transexuais são heterossexuais, e nunca fazem operações de mudança de sexo.

 

Tricha: Gay que já é mais que Bicha, que dá muita pinta.

 

Truque: Mentira, enganação. Trucosa ou truqueiro: que dá truque.

 

Tudo: Quando algo for muito bom. Ex. Meu modelo tá bom? E o amigo responde: Tá tudo bi!

 

U
Urso: Homem peludo, também associado a homem de aspecto másculo ou gordinho.

 

Uruca: Mau-olhado ou fase ruim.

 

– (do bajubá) Algo ou alguém ruim, feio, desagradável, desprezível, errado, equivocado.

 

Under: Diminutivo de underground.

 

V
Venenosa: Pessoa que faz veneno, que fala mal de alguém.

 

Vitaminada: Robusta, bonita.

 

Versátil: Homossexual que gosta de ter tanto o papel de ativo como de passivo.

 

Virar: Passar da condição de heterossexual para homossexual ou vice-versa.

 

Vuduzar: Torcer para que algo dê errado.

 

X
Xana: Sinônimo de vagina. Muitas lésbicas usam a forma carinhosa, Xaninha.

 

Xepa: Resto da noite, pessoa feia. Fazer a xepa: aquele diz que você não ficou com ninguém na festa ou clube, mas o mesmo já esvaziou e só sobrou o resto e você ainda insisti.

 

Z
Zalene: Algo duro ou que esteja em processo de endurecimento… se é que me entende.

 

Zoraide: Bicha metida a clarividente; esotérica.

 

Maneiras de bater punheta

 

Você tem que usar a imaginação para praticar esse ato com alegria, apresentamos aqui algumas formas interessantes de masturbação:

 

01. Mão dormente
É só sentar em cima de uma das mãos até que ela fique totalmente dormente. Depois bater a punheta. Parece a mão de outra pessoa. É uma delícia, cara !

 

02. Com uma camisa
O jeito de bater da camisa é só enrolar uma camisa no pau e bater, é bom porque você sente o pau esquentar!

 

03. Toalha na porta
Tem aquela punheta de colocar uma toalha numa fresta de porta e colocar o pau, aí é só ficar indo e vindo, você deixa uma porta entreaberta e coloca uma toalha, pra não esfolar o pau, e tipo “fode a porta“. Eu nunca fiz, mas dizem que é bom, o problema é que deixa o pau meio seco, sacou?

 

04. Com as duas mãos
Este jeito de bater é um tesão, eu gosto de bater assim imaginando uma mina sentando no meu pau, é um tesão! Pra bater assim o seu pau precisa ser meio grande (pelo menos médio). É assim: com uma das mãos você segura bem na base do caralho; com a outra mão você segura no pedaço de cima do caralho. Aí você bate sincronizado com as duas mãos, indo pra cima e pra baixo juntas. Se ficar difícil no começo, não desanima, porque vale a pena, cara! Depois de um tempinho você já consegue bater melhor, e é porra na certa!

 

05. Fodendo a mão
Uma técnica que sei, é de você botar um creme na mão, deitar de lado, por cima do braço direito, colocar sua mão bem apertada na cabeça do seu pau, e ir fazendo um movimento como se estivesse fodendo sua mão, esta sensação é o máximo!

 

06. Punheta silenciosa
Minha sugestão é da bronha silenciosa, quando você bate uma deitado, na parte de cima do beliche. Segure o seu caralho bem firme, fazendo pequenos movimentos de fricção, até alcançar o gozo.

 

07. Controlar a esporrada
O bom é também aprender a controlar o gozo na punheta. Quando você sentir o sinal de aviso que a gozada está proxima, você pára e descansa um pouco e começa de novo, repita isso 5 vezes. Vai chegar o momento que você vai controlar seu gozo. Sai muito mais porra e é bem mais da hora!

 

08. No banho
Uma técnica de punheta é você no banho encher a mão de sabonete e esfregar na cabeça do pênis e apertar ela de vez em quando, gozo em cinco minutos.

 

09. Variações
É bom começar uma punheta bem devagar pensando ou vendo algo excitante. É bom variar as técnicas, pois ficamos viciados num jeito. Alterne as mão, toque com a mão que não está acostumado a tocar. Varie também a posição dos dedos. Use dois dedos, quatro dedos ou a mão toda.

 

10. Segurar a porra
Aí vai uma dica: quando você estiver quase gozando aperta bem forte a cabeça do pau que a porra demora mais pra sair! É da hora que dá muito mais tesão.

 

11. Buceta no banho e chuveiro na cabecinha
Um jeito bem legal de bater é juntar as duas mão (no banho) em forma de buceta e tipo fuder a mão. o pau escorrega e você goza em uns 5 minutos. Outro jeito é você antes de bater no banho, deixar a água do chuveiro, se cair forte, pegar na parte superior do pau e depois de algum tempo o tesão vai ser tanto, que você não vai aguentar e vai bater desesperadamente.

 

 

 

     

 

 

 

topo